Páginas

Deixe o seu peito transbordar

Todos nós já erramos algum dia, todos nós já agimos por impulso e muitas vezes deixamos a raiva e o ódio dominar a nossa mente e coração. É por isso que você deveria perdoar e se perdoar pelos erros que cometeu, pelas vezes em que desistiu quando deveria insistir e pelas besteiras que falou sem pensar. A vida é cheia de altos e baixos e, muitas vezes, mais baixos do que altos. É preciso olhar para dentro do seu coração e deixá-lo falar, sinta todas as emoções que ele quer que você sinta e se permita derramar algumas lágrimas. Respire, grite, sorria e sinta o sentimento mais puro invadindo suas veias, deixe o sangue correr e alimentar o seu coração, ouça os ruídos ao seu redor e absorva as boas energias.

Espere, não se arrisque e tenha paciência mesmo quando os ventos não soprarem a seu favor.

Aprendi que passar um tempo longe aumenta a saudade, traz lembranças dos momentos felizes e esperar o próximo passo é uma dor que nunca passa. A mente falha e o coração palpita, o olhar procura em todos os lugares e pessoas aquilo que antes estava diante de você e o medo levou para longe. É tempo de pensar, sentir e desejar. Por isso agarre os seus sonhos e prenda com toda a sua força aquilo que você não passa um dia sem pensar, corra para longe e leve consigo algumas roupas, um pouco de água e a certeza de que tudo ficará bem. Deixe o seu peito transbordar de amor, esqueça os pensamentos negativos, os erros cometidos e os fantasmas que insistem em te apavorar. É tempo de recomeçar, de reconquistar aquilo que você pensa que perdeu, de mostrar o quanto você precisa daquilo que sempre amou. 


Leia o texto ao som de "Central Park, Lifehouse"


5 comentários:

  1. I'll always be around 🎶

    Vai, menino Léo. Corre atrás da sua felicidade e nos traga mais escritos como esse, que transbordam ― e fazem transbordar 💚

    ResponderExcluir
  2. Contagiante, dá vontade de sair por aí e viver <3
    Obrigada, serviu de inspiração pra aconselhar uma amiga que está numa fase bem difícil da vida dela.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o texto, me fez refletir sobre a vida.

    ResponderExcluir